Entrevista com o autor Thiago Winner

Para agregar a nossa seção de entrevistas com autores, hoje temos o prazer de trazer um pouco mais do trabalho do Thiago Winner.

 

Fale um pouco sobre você. De onde você é? Qual é a sua formação? Qual gênero escreve?

Sou o escritor Thiago Winner, autor do livro “As regras simples da vida”. Sou natural da cidade de Viçosa/MG. Formei-me nos cursos de informática e Meio Ambiente, além de ter alguns mini cursos e participações em palestras. Escrevo sobre autoconhecimento.

Além de escritor, você tem outra profissão? Como você diria que essa profissão contribui para o enriquecimento da sua carreira como escritor?

Sou técnico em informática, sou efetivo na prefeitura. Ter a formação técnica na área de informática contribuiu para que eu pudesse formatar meu livro e correções de ortografia, já que leciono aulas de informática básica pela prefeitura para pessoas que não tem condições de ofertar um curso.

Como você desenvolveu o amor pela literatura?

Desde criança, sempre gostei de ler livros oferecidos pela biblioteca da escola que eu estudava. Eu ficava encantado com o mundo da leitura. Li sobre várias aventuras e eu imaginava que estava fazendo parte daquela história. Quando eu lia, eu se esquecia de tudo ao meu redor e focava muito na leitura que fazia com calma e boa interpretação.

 

 

Quando decidiu publicar seu primeiro livro? Quais fatores contribuíram ou dificultaram sua estreia literária?

Aos nove anos de idade, eu coloquei como meta que eu ia escrever um livro de autoconhecimento para de alguma forma contribuir com a sociedade. Isso só aconteceu depois que eu formei no segundo grau e depois fui fazer cursos. Depois disso comecei a estudar para concursos públicos, até que passei e fui convocado. A partir desse momento minha meta de obter um trabalho com estabilidade efetiva, foi então que comecei a escrever meu livro. Eu chegava em casa depois do trabalho e nos finais de semana, também nos feriados prolongados e férias para escrever meu livro. Ao todo, foram quase dois anos para escrever o livro formado de 259 páginas, 51 capítulos, criação da capa e também da correção. Feito esse processo, fui registrar meu livro na Biblioteca Nacional do livro na cidade do Rio de Janeiro/RJ. Esse cadastro gerou para o meu livro o ISBN.

Quando recebi a carta da Biblioteca Nacional do Rio, foi então que comecei a pesquisar de que forma eu poderia divulgar meu livro pela internet. Descobri o site “clubedeautores.com.br” no qual escritores independentes poderiam publicar seu livro pelo site. Cadastrei meu livro no site. Para mim, naquele momento era melhor opção postar meu livro nesse site, pois era uma oportunidade de pessoa visitarem a página e verem meu livro.

Até hoje passo por dificuldades em ser reconhecido pelo meu talento em escrever, pois como sou escritor independente, sem acessória e editoria, fica tudo mais difícil. Mas estou buscando as redes sociais para divulgar meu livro e isso já me rendeu alguns bons frutos, como: ser colunista dos sites “portalolhardinamico.com.br” que é de entretenimento da cidade de São Paulo/SP, “egobrazil.com” que é voltado para artistas famosos do Brasil da cidade do Rio de Janeiro/RJ e textos que postam no site “osegredo.com.br” que é voltado para textos de otimismo e positivismo.

Fico triste que meu país, o Brasil, que tem tanta riqueza e cultura, não valorizar escritores brasileiros, pois livros são riquezas de cultura de um país. No Brasil, é valorizado artistas com músicas com conteúdo fraco e negativo. Eu, até esse momento fui procurado por apenas uma editora que é da Colômbia, mas acabei não aceitando a proposta por que li o contrato e não valia a pena pra mim.

De onde surgiu a ideia para seu livro mais recente? Sobre o que ele fala?

Desde criança eu acompanho pela TV e o cotidiano, pessoas causando intrigas, fofocas, maldades e crimes. Percebi que aquilo não levava ao caminho da felicidade e sucesso.  Foi então que certa noite quando eu era criança, antes de dormir, eu fechei os olhos e queria de alguma forma contribui para ajudar a sociedade ter bons modos e ajudar outras pessoas. Fui dormir com esse pensamento, e durante o sono, sonhei que eu estava escrevendo um livro de autoconhecimento para deixar meu legado ao mundo. A partir daí, coloquei como meta de vida escrever um livro que falasse de otimismo, bem-estar, boa saúde física e mental e atingir as metas pessoais e profissionais.

 

Para encerrar...

Você encontra Thiago Winner e seu livro, As regras simples da vida, nos links abaixo:

Onde comprar o livro: Clube de Autores

Redes sociais do autor: Facebook

Página no Facebook

Twitter

Instagram

Youtube

Contatos para entrevistas, debates e palestras:

(31) 9 9580-3874 / Watssap

Thiago.winner.escritor@gmail.com

 

 

 

Autor(a): Tatiane Durães

Olá, meu nome é Tatiane Durães, tenho 31 anos e sou formada em administração de empresas. Sou autora da Trilogia Arcantatys, publicada pela Editora Arwen e da obra A Herdeira - Kaelium.

Compartilhe: