A Jornada do Herói (Segundo Ato)

Olá, pessoal!

Quero agradecer a todos os que estão acompanhando a coluna e me mandaram mensagens carinhosas pelo Facebook ou pelos comentários aqui do site. Fiquem à vontade para me enviarem suas dúvidas e sugestões, porque já estou planejando os próximos temas que abordarei. Hoje daremos continuidade à série de posts sobre a Jornada do Herói. Vamos nessa!!!

A-Jornada-do-Heroi.036-001

No último post, nosso herói tinha acabado de enfrentrar a Travessia do Primeiro Limiar. Ou seja, ele venceu o primeiro obstáculo, que lhe permitiu adentrar o Mundo Especial.

Relembrando, o Mundo Comum é a vida cotidiana do personagem, que ele já conhece e sabe lidar. Contudo, enfrentar sempre os mesmos obstáculos lhe garantirá sempre os mesmos prêmios. E o herói quer mais. Para conquistar aquilo que deseja, ele precisa encarar desafios mais difíceis, precisa embarcar numa jornada pelo Mundo Especial, onde tudo é novo. Lá, encontrará aliados e inimigos, e terá que enfrentar testes para provar o seu valor.

A-Jornada-do-Heroi.037-001

À medida que explorar o Mundo Especial, o herói conhecerá novos lugares e, consequentemente, novas pessoas. E essas pessoas se unirão a ele como aliados ou inimigos, dependendo se seus objetivos são favoráveis ou contra a causa dele.

Lembrando que é possível o herói adentrar o Mundo Especial sem se deslocar geograficamente. Por exemplo, numa comédia romântica em que a mocinha mal-vestida sofre um “momento transformação” e se torna bonita, ela passará a ver e ser vista de forma diferente. Esse é seu Mundo Especial, no qual os colegas de escola tomam novas posturas e reivindicam seus postos de aliados ou inimigos.

A-Jornada-do-Heroi.038-001

As regras no Mundo Especial são diferentes, e o herói precisará aprendê-las para sobreviver à aventura. No exemplo de Nárnia, eles aprendem sobre os animais falantes, a dicotomia entre a Feiticeira Branca e Aslam, e aprendem também que Papai Noel existe.

A-Jornada-do-Heroi.039-001

Os aliados apenas se unirão ao herói se este se mostrar digno. Da mesma forma, os inimigos tentarão fazê-lo desistir da aventura. O herói precisa de toda a coragem de que dispõe, porque será testado sucessivas vezes.

A-Jornada-do-Heroi.040-001

Ao mesmo tempo em que o herói vence obstáculos para sobreviver ou para ficar mais perto de seu objetivo, esses testes servem como experiência. Aos poucos, reúne conhecimento, força e aliados sem os quais seria incapaz de vencer um perigo maior.

A-Jornada-do-Heroi.041-001

Ansioso por conquistar aquilo que deseja, o herói ruma para o covil do vilão. A Caverna Oculta, como é chamada, esconde seu maior medo. Mas ele ainda não está pronto para entrar. Esse é o momento de recuar, ou de bolar um bom plano antes de seguir em frente.

A-Jornada-do-Heroi.042-001

Lembra daquilo que o herói estava buscando quando saiu do Mundo Comum? Esse objeto de desejo será esfregado na cara dele. Mas, por algum motivo, ele ainda não pode pegar. (Talvez porque tem um dragão dormindo em cima?)

A-Jornada-do-Heroi.043-001

Em alguns casos, não pode nem pensar em se aproximar. Os irmãos Pevensie sabiam onde estava Edmund, mas era impossível resgatá-lo naquele momento. Eles precisavam usar as regras do Mundo Especial a seu favor. Precisavam de Aslam.

A-Jornada-do-Heroi.044-001

Como ainda não foi visto, o herói tem a oportunidade de bolar um plano e até formar alianças de última hora. “Vai você por aqui e eu por lá!”

A-Jornada-do-Heroi.045-001

Eu não encontrei a foto adequada para o exemplo do Shrek. Aqui já vemos o burro frente a frente com o dragão, mas o momento da aproximação é antes, quando o Shrek se veste com as armaduras caídas pelo chão e conta seu “plano” ao Burro.

A-Jornada-do-Heroi.046-001

Com o plano feito, o herói ruma para o perigo, ou, em alguns casos, o perigo vem ao seu encontro. Esse é o momento pelo qual esperava! Tudo o que aprendeu no Mundo Especial foi uma preparação para que pudesse vencer nessa parte. É hora de colocar os conhecimentos à prova!

A-Jornada-do-Heroi.047-001

O grande perigo da história finalmente surge para um embate. É preciso vencê-lo para conquistar o prêmio.

A-Jornada-do-Heroi.048-001

Se vencer, o herói receberá aquilo que deseja. Mas tem muito mais em jogo. Caso perca, não apenas ficará sem o prêmio, como também perderá algo muito valioso. Em geral, sua vida. Mas pode ser também um grande amor, um refúgio, etc.

A-Jornada-do-Heroi.049-001

O herói nunca mais será o mesmo. Vencer esse grande desafio servirá para lhe iluminar a mente, e ele compreenderá melhor o mundo que o cerca.

A-Jornada-do-Heroi.050-001

O momento em que mais valorizamos a vida (ou qualquer outro tesouro) é quando ela esteve prestes a ser tirada de nós. E a provação fará com que o herói aprenda a dar valor ao que é realmente importante.

A-Jornada-do-Heroi.051-001

Parabéns, herói! Conseguiu usar todo o conhecimento do Mundo Especial, sua força, coragem e determinação para vencer o grande perigo. E agora, o prêmio tão esperado.

A-Jornada-do-Heroi.052-001

É hora de nadar no ouro, que nem o Tio Patinhas.
Ou, como diria o Pica-pau: “Dinheiro! Iates! Garotas!”

A-Jornada-do-Heroi.053-001

O grande objetivo dos irmãos Pevensie era reaver seu irmão. E conseguiram! (Só que, para isso, precisaram entrar de cabeça nos problemas de Nárnia, e isso veremos mais adiante.)

A-Jornada-do-Heroi.054-001

Após a tempestade, o herói tem um período de bonança. Aproveite bem, pois não vai durar muito tempo…

A-Jornada-do-Heroi.055-001

Nesse momento, o herói vê o mundo como realmente é, compreende o amor e aprende que tudo pode ser superado. Além disso, conquista o autoconhecimento.

A-Jornada-do-Heroi.056-001

Pronto! O herói já conseguiu o que queria e agora é hora de voltar para casa. Mas… será que vai ser assim, tão fácil? Bom, isso vocês descobrirão na semana que vem, no último post da série sobre a Jornada do Herói. 🙂

Voltar para casa? Xiiiiiii...

Voltar para casa? Xiiiiiii…

E então, pessoal! Alguma dúvida até aqui? Há algo que queira acrescentar? Escreva nos comentários!

Muitos beijos e até semana que vem!
Karen Soarele

Originalmente publicado na minha coluna do Bodega Online: link

Autor(a): Karen Soarele

Escritora de literatura fantástica, com quatro livros publicados. Ilustradora de revistas infantis e jogos para celular, atualmente se aventurando em terras canadenses.

Compartilhe: